BEYOND SIGNS (Itália, Croácia, Portugal)

Por um compromisso, profissionalização e um acesso equitativo dos artistas surdos gestuantes nativos e para um público mistoor 

Beyond Signs é um projecto a 2 anos que pretende melhorar a integração social da comunidade surda através da cooperação artística, envolvendo-os activamente nas artes performativas, desde a criação à encenação, passando pelos países UE envolvidos e indo ao encontro dos diferentes públicos mistos.

Através das actividades implementadas do projecto, são desenvolvidas ferramentas dos artistas nativos gestuantes, operadores culturais e intérpretes de língua gestual, enquanto o público é sensibilizado para a potencialidade do teatro representado por artistas surdos.
Beyond Signs prevê três caminhos paralelos que contribuem igualmente para o processo de integração entre as diferentes línguas, culturas e comunidades, em boas práticas colectivas e partilháveis.

LGP – Língua Gestual Portuguesa tradução do texto, por Tony Weaver

number one in sign language

Primeira fase: produção de espectáculo

É aberta candidaturas a artistas surdos gestuantes nativos até o final de 2020, com o objectivo de seleccionar cinco participantes que farão parte do processo de produção de um espectáculo (ópera/teatro).

Durante as actividades de formação e as três residências artísticas, Beyond Signs definirá novos códigos expressivos e linguagens que podem ser totalmente compreendidos por surdos e ouvintes, fluentes em LGP ou não, tais como a Poesia Surda, Visual Vernacular, teatro físico, linguagem corporal e dança contemporânea.

O espectáculo terá a sua estreia em Maio de 2022 em Milão (IT) durante o Festival del Silenzio e no Festival Fringe de Edimburgo (Reino Unido) em Julho de 2022, que terá como alvo o público profissional das artes performativas  (directores de festivais e teatros, programadores culturais …) e o facto de ser acessível, poderá ser difundido a nível internacional.

number two in sign language

Segunda fase: formação de intérpretes surdos e ouvintes, operadores artísticos e artistas profissionais surdos gestuantes nativos

Paralelamente ao percurso artístico, a componente da formação do Beyond Signs promove jornadas e masterclasses transnacionais e nacionais envolvendo artistas nativos gestuantes e operadores culturais que, através de uma abordagem de “aprendizagem e prática”, irão melhorar as suas competências no campo das artes performativas participando das diferentes actividades do projecto. A mesma abordagem é adaptada às aulas para intérpretes surdos e ouvintes fluentes em língua gestual, de forma a oferecer uma especialização na interpretação para palco e a vivenciar de imediato as competências adquiridas, colocando-as num contexto internacional.

number one in sign language

Terceira fase: desenvolvimento de públicos

Beyond Signs também inclui atividades que envolvem o público, principalmente crianças, jovens e estudantes, por meio da cooperação com escolas e ações de sensibilização. As pessoas envolvidas nas atividades poderão entrar em contacto com a língua gestual e suas formas expressivas e artísticas, ao mesmo tempo em que serão sensibilizadas para a cultura surda e suas demandas.

Parceiros

Beyond Signs foi concebido por Fattoria Vittadini (IT), com mais duas organizações parceiras, DLAN (RH) e VOARTE (PT). O projeto é co-financiado pelo Programa Europa Criativa da União Europeia.

A Direção Artística do projeto é liderada por uma equipa de artistas surdos / nativos: Rita Mazza (IT), Angel Naumovski (HR), Tony Weaver (PT).

Fattoria Vittadini logo
Dlan logo
Voarte logo